Maior célula de soldagem de implementos rodoviários da América Latina consolida parceria entre a Powermig e a Librelato

A Librelato é a segunda maior exportadora de implementos rodoviários do país, produzindo 14.000 unidades por ano. A empresa, que está no mercado desde 1969, produziu sua primeira carroceria de madeira em uma serraria e, atualmente, é consolidada como uma das principais fornecedoras do setor.

Com uma ampla linha de produtos dedicados ao setor rodoviário, a Librelato tem foco na gestão inteligente do transporte, sendo que os implementos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia.

Recentemente, a Powermig desenvolveu e produziu para a Librelato, a maior célula de soldagem robotizada para implementos rodoviários da América Latina. O equipamento impressiona pelas medidas, tecnologia embarcada e robustez mecânica. São 62 metros de comprimento, 07 robôs e 03 estações de soldagem.

Para esse setor, em virtude das peças de grande porte, são necessários equipamentos que aliem a alta robustez mecânica à precisão dos processos. Por isso, a Powermig empregou recursos tecnológicos exclusivos, como os robôs de solda Panasonic, tido como os mais velozes do mundo em sua categoria. Além disso, sistemas de sensoriamento e softwares de alta tecnologia conferiram um processo de soldagem preciso e ágil, aliado à alta produtividade.

Confira o depoimento da Librelato:

“Conheço a Powermig há muito tempo. Cotamos muitos produtos e, por algum tempo, não consolidamos nenhuma compra. Porém, o diretor Juarez e sua equipe sempre nos atenderam com profissionalismo e seriedade. À medida que o tempo foi passando realizamos a primeira compra e, depois disso, nos tornamos parceiros, sendo que hoje temos a maior célula de solda de implementos rodoviários da América Latina, que foi produzida pela Powermig. Nossa parceria firmada na seriedade e profissionalismo. Estamos muito contentes e parabenizamos a Powermig pelos 15 anos!”(Rodrigo Corso – Librelato)

Confira o vídeo da célula de soldagem robotizada:

Powermig expande e irá inaugurar, no início de 2022, filial no estado de São Paulo

Visando a ampliação das operações e a proximidade com os clientes, a Powermig irá inaugurar, em janeiro, uma filial na cidade de Guarulhos, no estado de São Paulo.

A nova unidade, sediada junto ao condomínio Airport Town, fica próxima ao aeroporto de Guarulhos e terá, à pronta entrega, uma ampla gama de produtos para soldagem, além de peças de reposição e consumíveis. Outro destaque são os serviços que visam uma ampla cobertura de pós-vendas e assistência técnica, contando com mais de cinco técnicos especializados e alocados no estado.

A localização é estratégica, uma vez que São Paulo é um dos maiores mercados da empresa, que atende amplamente alguns dos principais players dos segmentos de implementos agrícola e rodoviário, linha amarela, automotivo, entre outros.

Segundo Jeferson Fochesatto, que será responsável pela gestão da Powermig São Paulo, a expansão vem com o objetivo de atender os clientes de uma forma mais ágil, disponibilizando produtos e peças de reposição à pronta entrega. A filial faz parte do plano estratégico da empresa, que visa o crescimento de marca ao longo dos próximos anos.    

Consolidada como referência no mercado sul-americano, a Powermig é uma das maiores e mais completas fornecedoras de soluções robotizadas para os processos de soldagem. O portfólio da empresa conta com a maior gama de células dedicadas à robotização de processos de solda, além de uma linha completa de acessórios, consumíveis e produtos para o segmento. O marco do reconhecimento se dá pelos mais de 450 equipamentos instalados, em 15 anos de empresa, contemplando desde células de linha, até complexas células robotizadas que atendem as exigências de grandes empresas do Brasil e do exterior.

A matriz da empresa está localizada em Caxias do Sul – RS e ocupa uma área de 3000m², concentrando inovação, tecnologia e uma equipe gabaritada para atender os projetos em suas diferentes fases, fazendo jus à mensagem principal da empresa que é: “Evolução em Movimento.”

A automatização dos processos de soldagem garantiu à Marispan Implementos Agrícolas um crescimento histórico.

A empresa paulista, que adquiriu 04 células de soldagem robotizada da Powermig, colhe os resultados positivos da automatização dos processos de solda.

“A Marispan tem um relacionamento de longa data com a Powermig, uma relação próxima, de amizade e confiança, que vem se fortalecendo a cada ano que passa. Um parceiro estratégico que ajudou a atingir um crescimento histórico nesse último ano. Ficamos muito feliz de olhar para trás e ver a evolução das duas empresas”, Gabriel Nascimento – Diretor de Engenharia da Implementos Agrícolas Marispan LTDA

A Powermig acredita que a sinergia entre as empresas se dá pela excelente relação e confiança, porque ambas acreditam que a evolução é algo essencial para o desenvolvimento das empresas. A Marispan se descreve como sinônimo de evolução no campo. A Powermig prega a evolução em movimento.

Fundada em 1972, a Marispan iniciou suas operações com o objetivo de ajudar os agricultores a combater a erosão do solo com a ajuda da tecnologia. A partir de então, a empresa reforçou suas operações e, atualmente, é reconhecida como uma das grandes fornecedoras de implementos agrícolas para a produção rural.

Localizada em Batatais, região de grande produção cafeeira, a Marispan destaca-se por ter incorporado equipamentos de última geração ao seu processo fabril, que está alocado em uma planta de 16.000 metros quadrados.

A Marispan adquiriu da Powermig 04 células robotizadas para soldagem de implementos agrícolas. A satisfação da empresa se ilustra pelo depoimento que foi citado pelo diretor de engenharia da empresa, Gabriel Nascimento.

Com 10 células robotizadas adquiridas da Powermig, gerente de engenharia da Metalúrgica Fallgatter destaca a importância da parceria entre as empresas

“Compreender as necessidades do cliente é um dos pontos cruciais no relacionamento entre cliente e fornecedor. Com muita transparência, comprometimento e conhecimento, a Powermig gera a cada dia muita credibilidade e confiança em nossa relação, por saber o tamanho de sua importância ao compreender que necessitamos de soluções completas, e não apenas produtos ou serviços aleatórios. Que possamos sempre prosperar juntos”, Marcos Munari Dewes – Gerente de Manufatura do Grupo Fallgatter.

A afinidade entre a Powermig e a Fallgatter se traduz por meio de valores e propósitos muito semelhantes, além da busca incessante pela qualidade dos produtos e serviços. O Grupo Fallgatter, que está localizado em Cachoeirinha, dedica-se à fabricação e distribuição de produtos em aço e há mais de 50 anos e atende clientes no Brasil e no exterior.

As empresas do grupo oferecem peças e componentes industriais e agrícolas, chapas de aço, beneficiamento, equipamentos para siderurgia, construção e pavimentação, correntes de engenharia e de transmissão, rolamentos e sistemas de transporte, elevadores e esteiras.

A satisfação da Fallgatter ilustra-se por meio das 10 células robotizadas de soldagem que foram adquiridas da Powermig.

A chamada quarta revolução industrial – Indústria 4.0

O impacto da robótica junto com o avanço da revolução tecnológica na indústria chama atenção para os efeitos da quarta revolução industrial, onde processos são representados por inteligência artificial com a hiper-automação, a conectividade da robótica, big data e controle por nuvem. 

O crescimento de robôs na produção industrial, os quais são um dos principais elementos da Indústria 4.0, tem ajudado a gerar maior atenção e curiosidade em torno das mudanças digitais que estão ocorrendo na produção e processamento de produtos.  

A introdução de robôs nos setores de produção e até da medicina reflete nas habilidades dos trabalhadores, o que significa que tarefas repetitivas, perigosas e pouco estimulantes serão confiadas aos companheiros automatizados, enquanto o trabalhador poderá dedicar-se à supervisão ou às atividades de maior especialização para crescimento da empresa. 

Também esse impacto envolve as atividades no mundo do trabalho: novos papéis são formados, novas ocupações e novos mercados de nascem da formação de trabalhadores e suas novas especializações. 

De acordo com o estudos da IFR –(Federação Internacional de Robótica) , é certo considerarmos como o impacto positivo da automação, a situação vantajosa que permite às empresas se manterem constantemente mais competitivas e conforme aumenta a produtividade, as contratações de pessoas também aumentam.  

A automação robótica, sem esquecer, possui efeitos diretos na qualidade do trabalho, as atividades em que os robôs são mais utilizados, são aquelas caracterizadas por: alta repetitividade, maior precisão e em alguns casos perigosas.  

Onde vai ocorrer uma redistribuição de tarefas onde os colaboradores podem aplicar habilidades cada dia mais na resolução de problemas e criatividade

O impacto no setor industrial é certamente amplo e avassalador, mas traz inúmeros benefícios para indústrias e trabalhadores. 

Acordo de distribuição do regulador eletrônico de gás brasileiro (eco-gas) entre Brasil e Japão é firmado

No final do mês de outubro de 2020, nosso parceiro e cliente Honda Trading Corporation, com sede em Tóquio, assinou o contrato de distribuição exclusivo para todo território Japonês com a Powermig. 

Um passo importante na evolução tecnológica das empresas tornando processos de soldagem mais eficiente, onde juntos as empresas promovem economia e sustentabilidade a seus clientes.  

O equipamento Regulador Economizador de Gás “ECO-GAS”, monitorando e controlando o consumo de gás de proteção (dióxido de carbono CO2, argônio, gás mistura) utilizados para soldagem a arco (soldagem MAG / MIG) manual ou automática, onde realiza o ajuste automaticamente do fluxo de gás ideal de acordo com a variação da corrente de soldagem.

Além disso, controla o fluxo de gás utilizado no início da soldagem, registra o consumo acumulativo, arco aberto e quantidade de soldas realizadas, assim gerando dados de monitoramento do processo de soldagem.  

Realiza uma economia média de 60% no consumo do gás na soldagem, contribuindo para a redução dos custos na fabricação de peças e rápido ROI (retorno do investimento).

Indústria 4.0? Evolução? É aqui na Powermig!

Esta foto representa a força, apoio e importância que temos em nossa cidade. Recebemos, na data de hoje, com prazer a ilustre visita do Prefeito de Caxias do Sul, Senhor Flávio Cassina, juntamente com sua equipe de apoio: A chefe de gabinete, Senhora Grégora Fortuna e o Secretário de Desenvolvimento, Senhor Gilnei Garcia.            

Com uma infraestrutura preparada para projetar equipamentos com tecnologias da indústria 4.0 e oferecer uma fonte de crescimento e desenvolvimento para nossa cidade,  temos como principal diferencial o empenho e qualificação para cada dia mais crescer e evoluir.

Sobre automação industrial: A robótica também gera oportunidades de empregos!

Na evolução da indústria 4.0, com a tecnologia a cada minuto apresentando novos recursos e facilidades para os negócios, os robôs veem para serem mais adaptáveis, acessíveis e fáceis de programar para qualquer necessidade industrial. 

São uma das melhores opções para execução de tarefas precisas, aumento da produtividade, otimizar as operações e aumentar a qualidade dos produtos fabricados para uma melhor vantagem competitiva no mercado. 

Mas, ao mesmo tempo de todas vantagens que ele possui, um detalhe muito importante é que está ajudando a redistribuição dos colaboradores atuais das empresas para se focarem em demais tarefas de maior valor agregado, onde ajudem as empresas no crescimento de lucros e criando novas oportunidades e ocupações. 

Veja abaixo algumas dessas oportunidades:

Programador

Cargo para soldadores experientes, que já possuem vivência na área de automação industrial ou que possuem treinamento adequado para começar a operar. 

Esse cargo pode ser dedicado a programação dos robôs de solda nas linhas de produção das empresas, envolvendo o uso de softwares de programação offline, como o DTPS (Desk Top Programing and Simulation System) oferecido pela Powermig, que gera ao programador a liberdade de criar, testar e ajustar o programa de trabalho sem que precise ser interrompida a produção. 

Lembrando que é sempre importante que o programador seja treinado a cada nova atualização para que possa ajudar na manutenção e montagem de células ou robôs conforme seja necessário. 

Operador para célula robotizada/Robô

Responsável por quem vai operar as funções dos robôs, o operador poderá efetuar o carregamento e descarregamento dos produtos, efetuando uma análise mais precisa da qualidade das peças e reabastecendo outros consumíveis necessários para o processo.

Técnico em robótica

Responsável pela manutenção interna, que poderá testar e gerar sistemas das células robotizadas conforme a demanda e necessidade para que as operações se mantenham em funcionamento sem atrasos e problemas. Cuidará da manutenção preventiva e corretiva, cursos que estão disponíveis para aquisição na Powermig.

Algumas dessas ocupações exigem um nível de  conhecimento e habilidade maior, é importante que as empresas façam planos de treinamentos e atualizações para aperfeiçoar  os conhecimentos de seus trabalhadores atuais e novos à medida que as necessidades vão surgindo. 


As empresas que estão optando no investimento em automação industrial, estão conseguindo lidar com as oscilações dos mercados com maior confiança e facilidade, mantendo seus funcionários e mantendo-se lucrativos e competitivos. 

Se a implementação de células robotizadas já é uma pauta em seus negócios e empresas, nós podemos ajudar a garantir o projeto ideal conforme a necessidade e para o melhor ROI (Return On Investment).

Você sabe os mitos e verdades sobre os sistemas de soldagem robótica?

É muito cara para a minha empresa

O custo é uma das principais dúvidas quando pensamos em automação robótica. E talvez você tenha ouvido falar que isso custaria muito mais do que a realidade. 

Mas, na realidade os sistemas automatizados podem ser personalizados para atender exatamente ás necessidades da sua empresa, você pode precisar apenas de uma célula robótica pequena para fabricação de peças específicas, alterar volume anual, espaço físico, aumentar sua capacidade produtiva ou reduzir o desperdício de material no ato da soldagem. 

Independente de quais  sejam suas necessidades, a Powermig pode realizar e ajudar em uma avaliação de seus negócios para garantir que você esteja obtendo exatamente as soluções que fazem sentido.

Você também pode considerar algumas perguntas para ajudar na  análise de custos entre soldagem manual e robôs:

  • Qual o valor para contratar operadores de solda qualificados e treinados, se você puder encontrar?
  • Que tipos de soldagem e habilidades adicionais e precisas podem ser feitas sem erros por solda manual?

Preciso fabricar um grande volume de produtos para usar automação?

Você pode se perguntar se o volume e quantidade de produtos que sua empresa fabrica faria a compra de um sistema robótico valer a pena. Respondendo a pergunta, os sistemas automatizados de soldagem são ótimos para executar grandes volumes de peças, mas também podem ser ótimos para peças de baixo volume, com alta mistura e troca de material.

Para muitas empresas, a qualidade, consistência e a redução de custos que a soldagem robótica pode produzir, mesmo com algumas poucas variações de peças, podem justificar as despesas do robô. 

Os sistemas podem conter diversos programas, tornando a transição simples, econômica e personalizada.

A soldagem robótica não produzirá boa qualidade

Todo mundo sabe que uma boa soldagem combina  com operador qualificado. A soldagem robótica é qualificada e mais rápida, mais barata e com mais eficiência, eliminando possíveis erros do cotidiano que passam despercebidos. Velocidade e consistência significam produtividade, um dos principais benefícios de um sistema de soldagem robótica. 

Isso significa que você pode reduzir ou, até eliminar, retrabalhos ou desperdícios de materiais sabendo que o que está produzindo atenderá qualquer requisito de qualidade e satisfação do seu cliente. 

Outro benefício da soldagem robótica é que ela permitirá que seus soldadores entrem em projetos que exijam suas habilidades e reduzam o trabalho repetitivo.

Com uma combinação de sistema robotizado e colocaboradores humanos, você criará uma equipe para fazer o seu trabalho de melhor qualidade ainda, com uma redução de custos mais clara.

A programação robótica é complicada

A programação se torna a cada dia mais fácil, e nossa empresa pode configurar o treinamento necessário para ajudar seus colaboradores na adaptação. 

Ficou com alguma dúvida? Fale com a gente!
(54) 3022.5064 / vendas@powermig.bom.br

A resposta é a automação e robótica!

Os robôs desempenharão um papel fundamental no início da economia no mundo pós-Covid-19, e durante, como declarado em diversas pesquisas internacionais.

Este será um dos casos em que uma infinidade de indústrias grandes e pequenas, incluindo setores de operações de armazém, moldagem por injeção de plástico e fabricação e design de pneus vão passar por essa transformação.

Os empresários estão enxergando além da redução de custos com os sistemas automatizados, a melhoria na qualidade do processo, saúde e a segurança dos seus colaboradores. 

Vamos exemplificar utilizando vantagens para os pequenos fabricantes.

Automatizando pequenas indústrias 

Em uma pequena indústria, onde qualquer tipo de desperdício de material, acidente de trabalho, qualidade, podem afetar diretamente as vendas e margem de lucro dos seus produtos, a automação beneficiará com a  aceleração da produção, menos desperdício de material, tornando-a mais econômica. 

Além de estarem enfrentando maiores desafios pelo distanciamento que se faz necessário, a estratégia para voltar ao trabalho deve ser incluída uma ampla gama de precauções de saúde e segurança, protocolos de entradas e saídas, temperaturas do ambiente de trabalho, e menor contato físico dos colaboradores. Ou seja, aumento de custos.

A redução do número de funcionários tornou-se um mandato tanto na proficiência em resultados quanto nas estratégias de trabalho pandêmicas. A automação oferece ambos. 

Os fabricantes estão recorrendo à automação para reduzir os custos de fabricação e manter sua vantagem de custo no mercado para sobreviver. 

Em contra partida, os gestores devem apostar em seus colaboradores e no desenvolvimento deles, para estarem aptos aos novos sistemas de controle de robôs, dando suporte de treinamentos internos para que a automação seja ainda mais benéfica.